Retrato de Miguel Duarte

Ainda onde falei em como a solução para os problemas energéticos do mundo poderia ser a Energia Atómica. Pois, enquanto dizia isto, os nossos amigos do Texas arranjaram uma solução para se tornarem ecologistas, por preocupação com os seus bolsos. Parece que, para se extrair o crude até à última gota, é necessário injectar carbono nos poços de petróleo, ora, tal significa que estas empresas vão injectar mais 50% de carbono nos poços do que aquele que é extraído sobre a forma de crude. Estão até disponíveis para pagar cerca de 10 dólares por tonelada de carbono. Uma vez injectado nos poços, o carbono fica preso a kilómetros de profundidade, pelo que não regressará à superfície tão cedo.

Na prática, tal significa que, se esta tecnologia vingar e for útil, a extracção de crude será mais ecológica que a utilização de renováveis no que toca ao CO2, pois será negativa em termos de emissões.

Retrato de Luís Lavoura

comentário

Luís Lavoura on Quarta, 07/04/2010 - 16:56

É sem dúvida uma inovação benvinda.

Na generalidade dos poços de petróleo, quando a pressão do dito começa a escassear, injeta-se água à pressão para fazer o petróleo sair. Esse processo gasta imensa água. Nos poços da Arábia Saudita, como ainda por cima a água doce é escassa no deserto, tem que se gastar imensa energia para trazer água desde o Golfo Pérsico e para a dessalinizar antes de a enfiar, à pressão, nos poços.

É evidente que enfiar dióxido de carbono em vez de enfiar água é muito melhor, porque o dióxido de carbono não serve para nada, a água sim.

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação