Retrato de Luís Lavoura

A alocução de Cavaco Silva na qual defendeu que o próximo Presidente da República deverá ser uma pessoa especialmente conhecedora da política internacional tem um objetivo preciso: descartar uma eventual candidatura de Santana Lopes. Essa alocução tem o mesmo significado profundo de uma outra do mesmo Cavaco Silva, em tempos idos, na qual sugeriu que Santana Lopes seria a "má moeda" que afastava de circulação, de acordo com a "Lei de Gresham", a "boa moeda".

Cavaco Silva vê agora a má moeda em vias de se candidatar a Presidente da República e, tal como fez há muitos anos, faz uma alocução traiçoeira, em código cifrado, para deter essa má moeda.

São recados de Cavaco Silva ao PSD e o povo português não lhes deve ligar muita atenção.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação