Retrato de Luís Lavoura

Anda por aí muita gente muito escandalizada por o governo pretender fazer um lei segundo a qual os bancos serão obrigados a reportar ao fisco uma vez por ano o saldo de cada conta bancária.

Segundo essa gente, está muito bem que os bancos portugueses sejam obrigados a reportar ao fisco americano ou inglês quanto dinheiro americanos ou ingleses (respetivamente) cá têm. Também não está mal que os bancos suíços ou franceses sejam obrigados a reportar ao fisco português quanto dinheiro os portugueses têm nesses países.

Chegamos então à estranha conclusão de que, para essa gente, Portugal deve ser o único país europeu com segredo bancário. Os portugueses devem ser autorizados a guardar secretamente o seu dinheiro em bancos portugueses, embora não o possam fazer em bancos suíços ou luxemburgueses.

Eu acho que isto não faz sentido nenhum. Ou bem que há segredo bancário para todos, ou bem que não o há para ninguém. Se a Suíça já é obrigada a desvendar quanto dinheiro os portugueses lá têm, então faz todo o sentido que os bancos portugueses também sejam obrigados a fazer o mesmo. Não faz qualquer sentido que o fisco português possa saber quanto dinheiro um português tem num banco suíço mas não possa saber quanto dinheiro ele tem num banco português.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação