Retrato de Luís Lavoura

O New York Times fala-nos do caso de um homem de 77 anos de idade que vive com mais 11 pessoas, presumivelmente tão idosas quanto ele, numa aldeia de Portugal sujeita a frequentes incêndios. Diz-nos que esse homem já não tem capacidade física para roçar a vegetação que cresce em redor da aldeia, nem os habitantes da aldeia têm dinheiro para pagar a quem o faça (o homem em questão sobrevive com uma pensão de 200 euros mensais).

Eu digo: se esta aldeia não tem a capacidade, por falta de força física e de dinheiro, de assegurar a sua segurança face aos incêndios, não é obrigação da Câmara Municipal (neste caso, a de Oleiros) intervir, riscando esta aldeia do mapa - forçando os seus 12 habitantes a irem viver para outro sítio, provavelmente para a vila, oferecendo-lhes, se necessário fôr, habitações?

Que sentido tem continuarmos a gastar dinheiro a proteger esta aldeia de incêndios, quando os habitantes da própria aldeia não têm a capacidade (por falta de dinheiro e de força física) de tomarem as medidas de precaução mais simples, limpando os terrenos em redor da aldeia?

Será que os bombeiros terão que continuar a gastar as suas limitadas capacidades a proteger aldeias indefensáveis, enuanto deixam toda a floresta à volta arder, até que todos os seus habitantes morram?

Empréstimos

Michelalbertplancq on Quinta, 02/11/2017 - 10:36
Olá Sir / Sra
Nós oferecemos nossos serviços para pessoas honestas que estão em necessidade de apoio financeiro ou atividades geradoras de renda e criar um futuro melhor com uma taxa de juros de 2% considerado. 
Eu diria que estou pronto para dar ao indivíduo.
Oferecemos-lhe empréstimos entre particular, de 5.000 € para 10.000.000 € para termos muito simples.
Estou disponível e disposto a discutir todas as suas necessidades financeiras nas seguintes áreas:
 
-Empréstimos imobiliários
-Empréstimos de investimento
-Auto empréstimo
-Consolidação da dívida
-Linha de crédito
-Segundas hipotecas
-Resgate de crédito
-Empréstimos pessoais
 
Não hesite em contactar-nos se você estiver interessado, o período de reembolso entre um para cada ano de acordo com a soma emprestada.
Nossos termos de empréstimo são:
 
- Um formulário para preencher.
- Um acordo de empréstimo deve ser feita pelo nosso notário
- Nossos empréstimos estão sujeitos a juros de 2% ao ano.
- Nossos empréstimos são normalmente pagos por cheque ou transferência bancária.
 
Me contactado por mail: [email protected]
No refrão sério!

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação