Retrato de Luís Lavoura

O PCP já começou a cobrar ao PS a fatura do seu acordo com ele, apresentando na Assembleia da República projetos de lei no sentido de reverter todas as privatizações e concessões a privados que o governo anterior (e o atual) fizeram no setor dos transportes públicos, a começar pela ontem consumada privatização da TAP.

Para o PCP isto é muito importante, por um lado por uma questão ideológica (os comunistas são a favor de se ter os meios de produção na posse do Estado), por outro por uma razão prática - os sindicatos comunistas são especialmente fortes no setor dos transportes, e a sua atuação nesse setor tem uma especial repercussão pública.

Espero que o PS tenha a sanidade mental de não se curvar perante a pressão do PCP. As privatizações e concessões neste setor são essenciais para que ele comece a funcionar bem e para que deixe de constituir uma arma política dos comunistas. E uma coisa é ter-se o PS comprometido a não fazer mais concessões e privatizações, outra muito diferente é aceitar reverter as privatizações e concessões já consumadas.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação