Retrato de Luís Lavoura

Nos últimos tempos tem-se falado muito de longas bichas nas urgências hospitalares.

Eu tenho alguma experiência de ir a urgências hospitalares e essa experiência diz-me que montes de pessoas vão lá, basicamente, à hora que mais lhes convem e que menos as incomoda, que tende a ser à saída do trabalho nos dias de semana. Por isso, a essa hora (e mais tarde, ao serão) as urgências podem muito bem estar um caos, e demorar muito tempo a ser-se atendido. A culpa das bichas é, em grande parte, deste comportamento comodista das pessoas, e não de uma qualquer má organização dos serviços.

Ainda recentemente tive que ir a uma urgência e, cuidadosamente, optei por ir lá num domingo às nove horas da manhã; tal como previa, fui imediatamente atendido.

Lavourices liberais...

zeca marreca de braga (não verificado) on Terça, 21/01/2014 - 16:41

"Ainda recentemente tive que ir a uma urgência e, cuidadosamente, optei por ir lá num domingo às nove horas da manhã; tal como previa, fui imediatamente atendido."

Então, se dá para optar, não será bem uma urgência... podia optar, por ir na 2ª feira de manha (ou na 6ª anterior) ao centro de saúde/médico de fmília e não entupir desnecessáriamente as urgências, que são como o nome indica para situações URGENTES!

Não é mais comodista e usurpador que as "pessoas" que critica

Retrato de Luís Lavoura

resposta

Luís Lavoura on Terça, 21/01/2014 - 18:24

Foi o meu médico de família quem, na sexta-feira, me mandou ir à urgência hospitalar. Porque era a única forma de ser visto por um médico especialista em tempo útil. Tempo útil que, para a natureza do meu problema, não era necessariamente de um dia, podia ser um pouco mais.

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação