Retrato de Luís Lavoura

A Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar permanece furiosa porque, no futuro, o seu adorado colégio passará a ser misto e a ter internato de raparigas e rapazes.

Essa Associação mostra ter um conceito antiquado da vida militar. A tropa moderna está aberta a voluntários de ambos os sexos e, em qualquer quartel (e também em navios em serviço no alto mar), há hoje em dia soldados e oficiais de ambos os sexos a habitarem em, chamemos-lhe assim, "internato". Pelo que, se aquilo que o Colégio Militar pretende é dar aos seus alunos uma educação que imite a vida militar e instrua nas virtudes militares, também terá necessariamente que incluir o internato de ambos os sexos. Os futuros soldados e oficiais têm que, desde a mais tenra idade, se habituar a viver num local onde habitam - em camaratas separadas - pessoas de ambos os sexos. Porque é assim que a moderna vida militar é. Uma das virtudes dos militares modernos é serem capazes de viver em estreita companhia com múltiplas pessoas do outro sexo.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação