Retrato de Luís Lavoura

O restabelecimento das relações diplomáticas com Cuba decretado pelo presidente dos EUA não me parece ser muito significativo. O que é necessário é acabar com o bloqueio económico, permitir a livre circulação de pessoas, mercadorias e serviços. Isso é que interessa - restabelecer as liberdades que os americanos devem ter de negociar com os cubanos e de viajar a Cuba. Relações diplomáticas entre os Estados são, na minha perspetiva, coisa de menor importância.

Já agora, a União Europeia impôs há dois dias um bloqueio económico à Crimeia: os cidadãos europeus passam a ficar proibidos de se deslocar àquela península e as empresas europeias de nela investir. Trata-se provavelmente de um bloqueio deveras ridículo e sem sentido; mas, ainda assim, deve ser criticado. A União Europeia não tem nada que estar a cercear as liberdades dos cidadãos e empresas europeus.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação