Retrato de Luís Lavoura

A propósito do recente cartaz do Bloco de Esquerda que tanta celeuma causou, dei por mim a pensar: como é que Deus é pai de Jesus?

Num sentido mais simples, é sabido que Deus é "pai", no sentido de criador, de todos nós. Ele é o nosso pai celestial. Muito bem. Mas parece que, para Jesus, ele era pai em mais algum sentido. De facto, Jesus era o filho de Deus. "O", e não apenas "um". Jesus era Deus filho. Portanto, Deus era mesmo pai de Jesus, num sentido bem real. E a mãe de Jesus era Maria. Logo, Deus era pai, não era mãe. Mas isto quererá dizer que Deus produz espermatozoides, com os qual fecundou um óvulo de Maria? E, se Jesus é filho de Deus, e Deus pai o ama como seu filho, quer isto dizer que Deus tem genes, que transmite à sua descendência, à sua prole, neste caso a Jesus?

Tudo isto é muito misterioso para mim. Eu bem sei que os mistérios estão no cerne da religião cristã. Mas este mistério é mesmo por demais. Então Deus é um espírito incorpóreo e sem sexo, ou é um ser bem masculino, dotado de espermatozoides que pode usar para fecundar mulheres?

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação