Retrato de Luís Lavoura

É, em minha opinião, benvindo que o novo governo grego tenha um ministro dos Negócios Estrangeiros pró-russo e que se tenha demarcado das ridículas (porque infundadas e sem provas) acusações da União Europeia de que o recente bombardeamento com morteiros em Mariupol é da responsabilidade dos russos.

É bom pôr um bocado de água na fervura que a União Europeia tem atiçado na sua relação com a Rússia, a qual já custou a vida a mais de 5000 ucranianos, e a miséria a muitas mais dezenas de milhares. Esperemos que esta nova inclinação da Grécia tenha esse efeito. A Europa está cheia de "falcões", especialmente na Polónia, Lituânia e Reino Unido, e é bom que as "pombas" também façam ouvir a sua voz.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação