Retrato de Luís Lavoura

Saber que feriados temos não é apenas uma questão laboral, é principalmente uma questão política. Infelizmente, assim não o entendem PS, BE, PCP e PAN, que acharam por bem restaurar como feriado o dia do "Corpo de Deus" (uma designação que só por si mete nojo), um dia que nada diz a grande parte dos portugueses e diz alguma coisa mas não é celebrado pela grande maioria dos restantes. Infelizmente, nesta matéria os deputados concordam com a maioria dos portugueses: qualquer ocasião é boa como desculpa para não se trabalhar, e quantos mais feriados, melhor. E assim os feriados ficaram reduzidos a uma questão meramente laboral, e o catolicismo continua sendo a religião oficial do regime de trabalho português.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação