Retrato de Luís Lavoura

Segundo se ouve nas notícias, o pai do terrorista de Manchester foi em tempos um opositor ao regime líbio do coronel Kadhafi, e foi por esse facto premiado com asilo político no Reino Unido. Mas ele não foi um opositor qualquer - era um membro de um grupo radical islâmico afiliado na Al Qaeda que tentava levar a cabo atentados bombistas na Líbia.

É este o tipo de gente a quem o Reino Unido ofereceu asilo político - um bombista, um radical islâmico, um membro da Al Qaeda. O Reino Unido está agora a colher a tempestade dos ventos que semeou.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação