Retrato de Luís Lavoura

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, disse ontem algo que me pergunto há já bastante tempo: que raio andarão os Estados Unidos a bombardear na Síria, que ainda não se viram efeitos concretos dos seus bombardeamentos? Os Estados Unidos afirmam já terem feito umas centenas de bombardeamentos e, diz Lavrov com muita razão, com tanto bombardeamento já toda a Síria deveria estar reduzida a escombros. Mas não, o Estado Islâmico continua bem vivo e operacional. Será que os Estados Unidos o estão mesmo a bombardear? Ou apenas fingem que estão?

Tendo em conta que os Estados Unidos são aliados funcionais da Arábia Saudita e da Turquia, e que estas últimas não desgostam totalmente das bases fundamentais do islamismo político, é caso para desconfiar...

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação