Retrato de Luís Lavoura

Um deputado disse no Parlamento Europeu que as mulheres devem (merecem) ganhar um salário inferior ao dos homens porque são mais fracas, mais pequenas e menos inteligentes do que estes. Parecem-me ideias que podem e eventualmente devem ser debatidas. Ou então, se as pessoas não as quiserem debater, podem não o fazer. Agora, o que não se deve certamente fazer é punir o deputado por ter dito isso. E foi precisamente este disparate - punir o deputado com uma multa de cerca de dez mil euros - que o presidente do Parlamento Europeu resolveu - e não sei que autoridade tem ele para isso - fazer.

É espantoso e, para mim, chocante que num Parlamento os deputados não sejam livres de exprimir as ideias que têm, por muito que elas possam ser consideradas repugnantes pelos restantes deputados. É isto a liberdade? Em particular, é esta a liberdade dos deputados?

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação