Retrato de Luís Lavoura

As touradas estão em decadência acentuada na Península Ibérica. Em Portugal há-as cada vez menos, em Espanha 60% da população diz rejeitá-las, e em cada vez maiores áreas da Península desaparecem totalmente, seja proibidas pelas autoridades locais, seja por falta de público. Cada vez mais touradas são feitas literalmente para inglês ver, sendo que os turistas acham "very typical" na Península atividades que certamente não quereriam ter nos seus próprios países.
Para acentuar esta decadência só faltavam acontecimentos como este: uma tourada em Madrid, ontem, foi interrompida logo ao segundo touro (normalmente há-os seis) depois de todos os três matadores de serviço terem sido agredidos pelos dois primeiros touros, sendo que um deles arcou com ferimentos numa perna que provavelmente lhe retirarão definitivamente a vontade, quiçá a capacidade, de voltar a exercer a sua profissão.
Os amigos dos animais certamente rejubilarão. Eu também.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação