Retrato de Luís Lavoura

De acordo com esta notícia, na China está-se a perfurar rochas com um quilómetro de espessura, que estão sob um mar com dois quilómetros de profundidade, com o fito de extrair ouro. Não petróleo, mas ouro.

Para mim isto é ridículo. Dedicar um tal esforço para extrair algo cuja utilidade industrial é muito marginal. O ouro para muito pouco serve. Para que se gasta tanto dinheiro e esforço a extraí-lo?

Isto não faz qualquer sentido. O ouro é uma "relíquia bárbara", como muito bem afirmou John Maynard Keynes.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação