Retrato de Luís Lavoura

Os recentes atentados terroristas na Europa, em que veículos automóveis são lançados contra peões, só reforçam a necessidade de as cidades protegerem os peões através da instalação de pinos (ou eventualmente mobiliário urbano, como por exemplo floreiras, ou árvores) a proteger e delimitar os passeios e as zonas pedonais. Havendo pinos, árvores, candeeiros, ecopontos, bancos de jardim, floreiras, ou seja o que fôr, não somente se evita o estacionamento desordenado e a invasão do espaço que é dos peões pelos automobilistas, como também se evita este tipo de ataques terroristas.

Nem se compreende, aliás, como é possível que na Rambla, uma grande avenida pedonal de Barcelona, o espaço dos peões pudesse ter sido tão facilmente invadido por um veículo automóvel. Oxalá as autoridades públicas de Barcelona aprendam a lição! É preciso proteger os peões dos automobilistas abusadores.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação