Retrato de João Cardiga

artigo anterior

Com este exemplo quis demonstrar que:

a) Muitas vezes defende-se que o benefício com os gastos sociais são apenas os directamente visados pelos apoios, pelo que deverão ser os mesmos a pagarem-nos (caso tenham capacidade financeira). Tal é falso. Como quis demonstrar aqui, uma sociedade em que todos beneficiem de um Seguro de Saude acaba por ter um potencial produtivo superior, pelo que os ganhos não são apenas para os beneficiários directos, mas para todos os individuos da sociedade;

b) Por vezes os individuos, motivados puramente pelo seu interesse próprio e racionalidade limitada, pensam que estão a ter um custo adicional quando na realidade estão a ter um benefício líquido. O coordenador na altura da decisão apenas poderia verificar que estava a pagar 25 Eur, por um serviço que lhe custava 12,50 Eur;

c) Por vezes os maiores beneficiários liquidos não são aqueles que motivam o aumento de produção. No caso concreto, embora o coordenador tenha trabalhado o mesmo número de horas nos dois cenários (ou seja não acrescentou nada à sociedade) foi o maior beneficiário líquido em valor da decisão de criar um sistema nacional de saúde.

próximo artigo

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação