Retrato de Luís Lavoura

A avaliar pelas notícias que nos últimos dias se têm sucedido nos nossos mídia - dominados, como se sabe, por contribuições de agências noticiosas / propagandísticas "ocidentais" - sobre massacres na Síria, notícias essas alegadamente provenientes de fontes oposicionistas sírias mas que nunca têm confirmação independente (pelo contrário, ainda há dias ouvi na rádio uma portuguesa residente na Síria a dizer que na cidade onde vive está tudo calmo e ordeiro), está-me a palpitar que a Síria será a próxima vítima dos instintos imperialistas e belicistas do "Ocidente".


Oxalá desta vez a Rùssia e a China sejam menos condescendentes no Conselho de Segurança das Nações Unidas do que o foram no caso da Líbia.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação