Retrato de Luís Lavoura

Portugal já está em seca há muitos meses. Mas durante esses meses todos quase que não se falou da seca no espaço mediático. Subitamente, em outubro começou-se a falar muito da seca (e atualmente fala-se dela todos os dias). Porquê? Porque em outubro acabou a necessidade de utilizar água para irrigação na agricultura (isto é, efetuaram-se as últimas colheiras e terminou o ano agrícola), pelo que já não se tem que considerar a medida verdadeiramente eficaz - interromper o fornecimento de água à agricultura.

É que, em Portugal 80% da água é gasta na agricultura. Pelo que, se se quer enfrentar eficazmente uma seca, a mais importante medida deveria ser eliminar o gasto de água na agricultura. Mas essa é uma medida muito dura, que eliminaria todo um importante setor económico e da qual portanto os governantes não querem que se fale. Por esse motivo, só se começa a discutir verdadeiramente o problema da seca quando o ano agrícola já acabou, ou seja, quando já foi gasta a imensa maior parte da água que teria sido preciso poupar.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação