Retrato de Luís Lavoura

O ex-especulador financeiro George Soros - um judeu húngaro radicado nos EUA - é, desde há muitos anos - e apesar da sua já provecta idade -, um dos observadores mais lúcidos do mundo em geral e da crise europeia em particular.

Agora, em entrevista ao El País, pede à Alemanha que resolva de uma vez por todas a crise do euro, de uma de duas formas: ou aceitando converter toda a dívida existente em Eurobonds, ou então saindo ela - Alemanha - do euro, o que permitiria que este se desvalorizasse e com ele toda a dívida existente.

É uma entrevista imprescindível: cada palavra dela é de uma total clarividência.

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação