Retrato de Luís Lavoura

Ouvi agora na televisão uma reportagem segundo a qual, em grande número de cidades suíças, só é permitido tocar-se música na rua após ter-se sido aprovado para o efeito numa audição (informal). Essa audição pretende garantir a boa qualidade do músico que pretende exibir-se na rua. A justificação para esta prática é garantir a boa qualidade da música tocada na rua e impedir a cacofonia.

Esta reportagem levou-me à reflexão que a Suíça é um país muito pouco liberal, com uma forte limitação à liberdade e à iniciativa individuais de se tentar ganhar a vida com os talentos que se tenha. Para os suíços, liberdade de se tocar na rua sim, mas só se se tiver qualidade para isso, porque a qualidade (da música tocada) é mais importante do que a liberdade (de o instrumentista expôr os seus talentos).

Apesar disto, ou talvez por causa disto, a Suíça é um país muito rico. Curioso, não é?

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação