Retrato de Miguel Duarte

Neste pequeno vídeo da BBC pode-se ver uma praia do Hawai que está a transformar-se, graças à poluição marinha, numa autêntica praia de plástico, onde a areia é de plástico (bocadinhos pequeninos às cores), e até escavando se encontram plásticos. Toda a superfície da praia está igualmente cheia de objectos e partes de objectos de plástico vindos de todo o mundo. E este não é um problema local, até na Europa está a acontecer o mesmo.

O plástico não de degrada rapidamente, mas sim ao longo de centenas ou milhares de anos, até lá vai-se simplesmente decompondo em bocados cada vez mais pequenos. A própria reciclagem do plástico não é fácil e mesmo anti-económica em muitos casos.

Será este o mundo que queremos deixar para o futuro? Porque não no imediato obrigar todas as embalagens que são de curta duração (ex: sacos de plástico, embalagens alimentares), a ser biodegradáveis (já existem plásticos biodegradáveis)?

Está muito silencioso por aqui! Porque não deixar uma resposta?

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação