Retrato de Igor Caldeira

Estranhos factos: entre 1995 e 2007 a desigualdade económica, atravessando mais e uma década de governos de Esquerda e de Direita, manteve-se inalterada. 

Só com a crise económica é que nos fomos tornando num país mais igualitário.
Índice de Gini, 1995-2011

 

Em 2005 os 20% mais ricos ganhavam 7 vezes mais que os 20% mais pobres. Em 2011, ganhavam apenas 5,7 vezes mais. De uma diferença de 2 (EU 5, PT 7) passámos a apenas 0,6 (5,1; 5,7). Parece que a crise tem doído mais a quem mais ganha. Quem diria?

Desigualdade na distribuição do rendimento (S80/S20)

basta raciocinar um

a nónio (não verificado) on Sábado, 05/01/2013 - 01:27

basta raciocinar um pouquinho...pronto muito para perceber que um tipo que ganha 5,7 vezes o que ganha um mais pobrezinho 184 ou 200 euros dificilmente será rico...

depois em 8 milhões de activos e reformados encontrar

1 milhão e 600 mil que ganhe 5, 7 vezes o que ganham o milhão e meio de pensionistas e subsidiados mais desprotegidos é obra

Um país nunca tem 20% de

Anónimo (não verificado) on Domingo, 30/12/2012 - 13:26

Um país nunca tem 20% de ricos. Se fizerem as contas de 1% mais ricos vs 20% mais pobres duvido que os resultados sejam os mesmos.

  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente

Mais informação sobre as opções de formatação